Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

As últimas árvores da Amazônia

Uma equipe de jornalistas de cinco países latino-americanos investigou como grupos de traficantes conseguem roubar e processar madeira da Amazônia. Um artigo publicado no portal de notícias Mongabay denuncia como a madeira de origem ilegal de Peru, Bolívia, Brasil, Equador e Colômbia é incorporada ao mercado internacional com documentos oficiais falsificados, que quase nunca são verificados.
Leia o artigo (disponível em inglês)