Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Emissões líquidas zero: nem líquidas, nem zero

Rec_emisoras netaO que significa “líquidas” para o Banco Mundial? Um artigo do jornal mexicano “La Jornada” adverte sobre o problema das chamadas “emissões líquidas zero”, um conceito promovido intensamente em um relatório recente do Banco Mundial. A autora do artigo, Silvia Ribeiro, explica que a expressão é uma armadilha para confundir: não se trata de reduzir emissões nem de “emissões zero”. Ao se acrescentar a palavra “líquidas”, dá-se poder às empresas para seguir poluindo, desde que apresentem uma prestação de contas na qual as emissões sejam supostamente “absorvidas” ou “compensadas” em outros lugares e que, portanto, o resultado seja zero. Na prática, isso faz com que não apenas não se queiram reduzir as emissões, mas também se queiram elevá-las e aumentar seus lucros com o desastre social e ambiental.

Leia o artigo completo (em espanhol):
http://www.jornada.unam.mx/2015/06/13/opinion/021a1eco