Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Ações na África contra a energia suja – Declaração de Calabar contra a expansão do monocultivo industrial do dendê

A No REDD in Africa Network (NRAN) lançou a “Semana de Ação contra as Falsas Soluções”, de 28 outubro a 4 novembro. A ação, da qual participou a convergência global Reclaim Power! http://reclaimpower.net/, opõe-se à “energia suja” e às empresas que tentam passar por lavagem verde com falsas soluções, como o REDD e outras, como comércio de carbono, MDL, “economia verde”, compensações de biodiversidade, CCS, geoengenharia e, claro, a grande solução falsa de “carvão limpo”.

Dentro da Semana de Ação, a organização Justiça Ambiental realizou uma sessão de cinema e debate sobre energia suja, REDD e outras falsas soluções no Museu de História Natural, em Maputo, Moçambique.

Além disso, de 1º a 5 de novembro, foi realizada uma reunião de Estratégia Internacional organizada pelo movimento Mundial pelas Florestas Tropicais (WRM) e organizada pelo Rainforest Resource and Development Centre (RRDC) no estado de Cross River, Nigéria (que é o marco zero para o REDD na Nigéria), com o objetivo de discutir os impactos da expansão industrial do dendê sobre a integridade ecológica e social da África.