Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Alerta: os verdadeiros custos do consumo de tecnologia

Rec_Wake_up_callMinerais de todos os tipos (pode haver mais de dez variedades deles, apenas em um Smartphone) são extraídos em diferentes países – do tântalo, no Congo, ao estanho, nas Filipinas – e depois enviados ou transportados pelo planeta, até polos de fabricação. Estima-se que as atividades de mineração tripliquem em todo o mundo até 2050, espalhando-se para mais florestas e zonas costeiras, territórios indígenas, parques naturais e áreas protegidas. Essa concentração de terras acontece, em grande parte, sem o consentimento das comunidades locais, na medida em que governos e corporações conspiram para ignorar os direitos das pessoas. Além disso, as quantidades cada vez maiores de “E-lixo” (lixo eletrônico) são enviadas, em sua maioria, a países da África e da Ásia, em vez de ser tratadas na fonte. Nesses depósitos de lixo, as comunidades são forçadas a viver em uma paisagem tóxica, ganhando a vida queimando produtos eletrônicos para chegar aos metais que conseguem vender como sucata.

Veja um vídeo e uma página informativa da Fundação GAIA (em inglês), em:http://www.gaiafoundation.org/wakeupcall/