Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Impacto de gênero das plantações de dendê entre os povos indígenas de Sarawak

Rec_Gender_ImpactsUm artigo do recém-lançado livro Gender and Land Tenure in the context of Disaster in Asia examina o impacto da mudança no uso e nos sistemas de posse da terra em Sarawak sobre os direitos humanos, os meios de subsistência e as práticas de gênero locais. O artigo estuda a comunidade Iban, de Kampong Lebor, cujas terras consuetudinárias foram desmatadas pelas empresas para estabelecer plantações de dendezeiros. Os autores Carol Yong e Wee Aik Pang, concluem que “a conversão de florestas em plantações de dendê é considerada um desastre, dada a importância da terra para práticas consuetudinárias, segurança alimentar e atividades de geração de renda, e outros direitos fundamentais dos povos indígenas”. Essa mudança no relacionamento das pessoas com a terra tem um impacto mais forte sobre as mulheres, que são as principais responsáveis ​​pelo bem-estar da família e da comunidade, à medida que perdem acesso e controle dos recursos florestais específicos que são sagrados para atividades espirituais, quando esses se degradam.

Leia o artigo aqui (em inglês) aqui