Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais




É necessário o seu apoio: ativistas de Camarões vão a julgamento por protesto pacífico contra empresa de Wall Street responsável por concentração de terras

A Herakles Farms está envolvida no desenvolvimento de uma controversa plantação de óleo de dendê (palma) de 20.000 hectares na região sudoeste de Camarões, que enfrenta forte oposição das comunidades afetadas.

Nasako Besingi e sua ONG, Struggle to Economise Future Environment (SEFE), têm trabalhado com outros ativistas e organizações locais para proteger os direitos das pessoas e preservar as florestas na área onde a Herakles está operando. Eles vêm sendo submetidos a intimidação, processos judiciais, detenções e ataques violentos.

Em 31 de dezembro de 2013, Nasako foi citado judicialmente a pedido da Herakles Farms, por “publicação de falsas notícias pela internet”. O processo judicial de Nasako começa em março 2014, e ele pode pegar até seis meses de prisão e multas de milhares de dólares. A ação movida pela Herakles se baseia em um e-mail que Nasako enviou em agosto de 2012, no qual explicava como sofreu uma emboscada de um grupo de homens que ele identificou como gerentes juniores da Herakles Farms. Por sorte, uma equipe de jornalistas franceses da France24 estava acompanhando as atividades de Nasako naquele dia. Quando o caminhão apareceu, os homens o deixaram ir embora e fugiram. A Herakles Farms admite que os homens que atacaram Nasako eram “prestadores de serviços locais”. Ele e quatro colegas também estão enfrentando outras acusações por organizar “uma reunião pública não declarada” enquanto distribuíam camisetas contra a Herakles para os moradores locais.

Nasako não é o único alvo de intimidação por parte da Heracles e do governo de Camarões. Outra ONG local, a Nature Cameroon, chegou a ser impedida por um funcionário do governo de informar moradores sobre as ameaças que o projeto da Herakles Farms representa à subsistência deles e ao meio ambiente desde setembro do ano passado.

O apoio internacional é uma necessidade urgente para ajudar Nasako com seus processos judiciais e pressionar a Herakles a parar sua intimidação a ele e à Nature Cameroon.

Os apoiadores podem enviar e-mails diretamente à empresa para exigir que ela retire o seu processo por difamação contra Nasako e pare de intimidar ativistas e organizações. Os e-mails podem ser enviados ao atual chefe do projeto em Camarões, Patrick Jones (veja abaixo).

Aqueles que desejarem fazer doações para pagar os gastos judiciais de Nasako e apoiar a luta da comunidade local contra a Herakles Farms podem fazê-lo aqui: (100% de todas as contribuições irão para Nasako).

Nasako também pode ser contatado diretamente em nasako.bondoko@gmail.com

Em 29 de janeiro de 2014, várias ONGs enviaram uma carta a importantes Relatores Especiais da ONU, pedindo que estes investigassem e interviessem nesses casos de atos de repressão e criminalização das organizações locais e ativistas nos Camarões. (Disponível apenas em inglês ou francês )
Para mais informações sobre o projeto destrutivo da Herakles Farms em Camarões, veja:

Envie um email à Herakles Farms dizendo à empresa que pare a intimidação de Nasako Besingi e outros defensores das comunidades locais e florestas.

 

Modelo de email

Prezado Patrick Jones,

Escrevo para exigir que sua empresa, Herakles Farms, retire as acusações contra Nasako Besingi, da SEFE, bem como a queixa que causou a suspensão da Nature Cameroon, e pare imediatamente quaisquer outras formas de intimidação dirigidas a todas as organizações em Camarões que vêm defendendo pacificamente os direitos das pessoas e protegendo as florestas na área onde a Herakles opera.

Obrigado por sua atenção urgente.

(nome)

Ações

Outras informações Relevantes