Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Mobilização para denunciar os abusos de Socfin, que tem o Grupo Bolloré como importante acionista

Centenas de pessoas que moram nos arredores das plantações da SOCAPALM e da SAFACAM foram à sede da primeira em Bonanjo, Douala, para solicitar a abertura de um diálogo sério. Os moradores locais denunciam que o diálogo é muito incerto e não tem um marco sólido que permita a solução efetiva de problemas, considerando-se os pouquíssimos avanços nos últimos anos. As comunidades locais, organizadas na SYNAPARCAM, pedem para se reunir com o Diretor Geral e estabelecer um marco sólido para o diálogo.
Leia, em francês, o comunicado da Sinergia Nacional de Camponeses e Ribeirinhos de Camarões (SYNAPARCAM, na sigla em francês).
Leia, em francês, a reivindicação da SYNAPARCAM, para uma solução dos conflitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *