Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Abaixo-assinado contra a perseguição à defensora da terra e da água no Peru: Água, sim, mina, não!

maxima-te-necessita-2

Ao norte dos Andes peruanos, em Cajamarca, onde nascentes de bacia hidrográfica, florestas, páramos e seus rios constituiriam territórios de conservação, a maior mineradora da América do Sul, a Yanacocha, tenta impor um megaprojeto que viola os direitos da população local. Por mais de dez anos, Máxima Chaupe e sua família têm se recusado a vender suas terras para a mineradora, e foram brutalmente agredidas em mais de uma ocasião. Um juiz sentenciou Máxima a dois anos e oito meses de prisão, e a pagar 5.500 sóis como indenização para a mineradora, por suposta usurpação de terras. Estão sendo coletadas assinaturas para entregar uma carta da Rede Latino-Americana de Mulheres às autoridades competentes peruanas.

Assine o abaixo-assinado para que cesse a perseguição e a violência contra Máxima, aqui: www.salvalaselva.org/mailalert/965/condenada-por-empresa-minera-maxima-es-inocente