Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Abusos e violações de direitos generalizados são financiados por grandes organizações de conservação

Um novo relatório da Survival International documenta casos graves de abusos generalizados e sistemáticos cometidos contra os direitos humanos, entre 1989 e os dias de hoje, em Camarões, República do Congo e República Centro-Africana, por guardas de unidades de conservação financiados e equipados pelo World Wildlife Fund (WWF) e a Wildlife Conservation Society (WCS), a organização que dirige o zoológico do Bronx, em Nova York. É provável que os abusos e o assédio documentados sejam apenas uma pequena fração do quadro completo de violência, espancamentos, tortura e até mesmo morte, implementado de forma sistemática e contínua. Os povos indígenas são acusados ​​de “caça ilegal” porque o fazem para alimentar suas famílias, e enfrentam prisões e espancamentos, tortura e morte, enquanto os caçadores de troféus são incentivados. Sendo assim, quais “direitos” são protegidos nos projetos conservacionistas?

Acesse um artigo e o relatório aqui:

Inglês: https://www.survivalinternational.org/news/11828

Espanhol: https://www.survival.es/noticias/11831

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *