Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Marcha à frente: mulheres, resistência e contrapoder:

O relatório State of Power 2018 (Situação do Poder 2018) do Transnational Institute destaca três entrevistas com mulheres ativistas que demonstraram coragem, determinação e criatividade incríveis para enfrentar o poder das grandes empresas e a violência do Estado. Vindas de Honduras, África do Sul e Índia, as entrevistas atestam o papel fundamental das mulheres em suas respectivas lutas, as formas pelas quais as comunidades se recusaram a ser intimidadas pela política de terror, e a importância de os movimentos se manterem autônomos, enraizados em comunidades, e com estratégias e táticas inteligentes e holísticas. Leia mais, em inglês, aqui: http://longreads.tni.org/state-of-power-2018/women-resistance-counterpower/