Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Quênia: Apelo contra a expulsão forçada da Floresta de Embobut

kenia

Entre 6.000 e 7.000 membros de povos indígenas e outras comunidades da Floresta de Embobut, nas colinas de Cherangany, distrito de Elgeyo Marakwet, no Quênia, estão ameaçados de expulsão.

Há muitos anos, o Governo vem tentando tirar os habitantes indígenas de Embobut de suas terras, queimando as casas. Isso tem sido feito em nome de uma abordagem de conservação de fortalezas, que procura retirar as populações locais de suas terras.

Recentemente, o presidente prometeu uma pequena quantidade de dinheiro por família, para que os que ele chamou de “despejados” saiam da floresta. Mas os habitantes indígenas se recusaram a se mudar e agora enfrentam a ameaça de ser expulsos de suas terras ancestrais e privados de seus próprios meios indígenas de subsistência, que fazem parte de sua vida na floresta, sua identidade, suas fontes típicas de alimento, água, saúde e abrigo e de sua sobrevivência cultural como povo.

O Forest Peoples Programme (FPP) lançou um apelo ao Governo e ao Parlamento do Quênia, e aos órgãos competentes da ONU, para que se evite a expulsão de comunidades indígenas e de outras pessoas de Embobut, o que violaria seus direitos humanos, bem como o direito internacional.

Assine o apelo em
https://secure.avaaz.org/en/petition/Government_of_Kenya_Stop_forceful_a
nd_illegal_eviction_of_SengwerCherangany_communities
,
e veja o apelo em http://www.forestpeoples.org/topics/rights-land-natural-
resources/news/2013/12/urgent-appeal-against-forced-eviction-sengwercher

1 comentário

  1. O tem direito nas terras como qualquer um que more no local