Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Comunicado da Rede Latino-Americana contra os Monocultivos de Árvores em solidariedade à luta dos povos de Nueva Concepción, Escuintla, pela libertação do rio Madre Vieja

liberan_Madre_Vieja

Nos dias 9 e 11 de fevereiro de 2016, mais de 200 moradoras e moradores de Nueva Concepción, Escuintla, Guatemala, realizaram uma ação histórica para esse município e para muitos povos: libertaram o rio Madre Vieja de várias represas que desviavam suas águas para plantações de dendê e cana-de-açúcar.

O rio Madre Vieja tem mais de 125 quilômetros de extensão desde que seus afluentes nascem nas montanhas da Sierra Madre, atravessando a cordilheira vulcânica até chegar ao sistema de manguezais em sua foz. Apesar da degradação a que foi submetido por anos de exploração e uso indevido de suas águas, o rio ainda é um importante elemento para a vida e o sustento de comunidades, agricultores y agricultoras, pescadores y pescadoras que convivem em suas margens. Ele ainda sustenta importantes ecossistemas e biodiversidade.

Diante das ações empreendidas pelos povos das águas do rio Madre Vieja, expressamos:

Nossa solidariedade para com as comunidades de Nueva Concepción, Escuintla, em sua luta pelo acesso à água e para libertar o rio Madre Vieja de represas construídas de forma injusta e ilegal, por interesses particulares da empresa de dendê do grupo Hame e da agroindústria de cana-de-açúcar e banana.

Pedimos e exortamos as autoridades guatemaltecas a investigar os casos de desvios de rios pelas agroindústrias de dendê, cana-de-açúcar e outras, visando garantir o acesso à água para as comunidades locais e o sustento da biodiversidade e de ecossistemas costeiro-marinhos tão importantes como o mangue.

Conclamamos as organizações sociais e a sociedade civil em geral a estar atentas diante desse caso de violação de direitos humanos, com o objetivo de contribuir com a difusão de informações e o cumprimento dos direitos das comunidades afetadas.

Rios para a vida, não para as empresas.

Rede Latino-Americana contra os Monocultivos de Árvores

Organizações integrantes da RECOMA: Amigos de la Tierra Argentina e Guardianes del Iberá, Argentina – FASE-ES, Brasil – OLCA, Chile – CENSAT, Colômbia – COECOCEIBA, Costa Rica – Acción Ecológica, Equador – SAVIA, Guatemala – Madre Tierra, Honduras – Otros Mundos, México – Sobrevivencia, Paraguai – REDES, Uruguai.
Secretaria: Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais, Uruguai – recomala@gmail.com