Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Fórum-oficina em Honduras denuncia os impactos da expansão do dendê (palma). “Nos enchem de dendê e nos deixam sem comer”

PeM_Taller_HondurasA rápida expansão do cultivo de dendê em Honduras deixou impactos socioambientais profundos nas populações negra, indígena e camponesa, afetadas gravemente em seu legítimo direito à terra, à alimentação, a uma vida digna, juntamente com a criminalização profunda de sua luta de resistência. A necessidade de analisar, discutir a fundo e buscar estratégias comuns para enfrentar um modelo de produção que concentra territórios e desloca comunidades foi um dos principais objetivos do fórum-oficina “Biocombustíveis, dendê e seus efeitos sobre a soberania alimentar”, realizado no dia 9 de setembro, na cidade de La Ceiba, Honduras. A atividade envolveu mais de 170 pessoas e dezenas de movimentos e organizações sociais, populares e sindicais da região. Leia o artigo completo (em espanhol) aqui.