Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Nigéria: coalizão social exige alteração do Projeto de Lei sobre a Indústria do Petróleo como forma de restaurar a transparência e a responsabilização no sector petrolífero

Na Nigéria, uma coalizão de organizações de justiça social e ambiental, incluindo Environmental Rights Watch/Friends of the Earth Nigeria, Green Alliance Nigeria, Host Communities Network of Nigeria e Students Environmental Assembly Nigeria, intensificou a pressão sobre os políticos eleitos para aprovar uma versão melhor do “Projeto de Lei sobre uma Indústria do Petróleo Pró-Pessoas 2012”.

Em 25 de fevereiro de 2014, a coalizão exigiu que o governo adotasse o “Projeto de Lei sobre a Indústria do Petróleo não como é atualmente”, mas com uma emenda proposta pela coligação da sociedade civil”.

A coalizão vê a aprovação do projeto alterado como uma “oportunidade de conter o poder das corporações, o desrespeito total aos meios de subsistência locais e a degradação irresponsável do meio ambiente, a violência, a corrupção e o roubo que têm sido as tristes marcas da indústria nigeriana do petróleo”.

Para a ERA, uma das organizações de justiça ambiental envolvidas na pressão pela aprovação do projeto de lei, aprová-lo é importante porque “consideramos algumas das disposições do Projeto como mecanismos de solução de conflitos para as décadas de enfrentamentos violentos, e para a restauração da transparência e da responsabilização no setor petrolífero na Nigéria”, disse o diretor da organização, Godwin Ojo.

https://www.facebook.com/pages/Environmental-Rights-ActionFriends-of-the-Earth-Nigeria/81335606026,
http://www.mydailynewswatchng.com/2014/03/05/erafoen-others-final-push-pib/,
http://nnimmo.blogspot.de/2013/04/draft-petroleum-industry-bill-not.html