Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Ganância e resistência na floresta tropical de Sarawak

Rec_SarawakO livro Money Logging, recém-lançado, documenta a política local, a cumplicidade internacional e a resistência representada pela luta contra a transformação das florestas tropicais de Sarawak em monocultura de dendezeiros e barragens hidrelétricas. O autor, Lukas Straumann, aponta Abdul Taib Mahmud, ex-governador do estado malaio de Sarawak, como o chefão dessa máfia asiática da madeira, enquanto mostra que a família Taib, com a cumplicidade das instituições financeiras globais, tem lucrado cerca de 15 bilhões de dólares. Além disso, uma série de 12 barragens de grande porte, duas das quais já foram construídas, inundaria 1.600 quilômetros quadrados de floresta tropical e desalojaria 235 comunidades indígenas. As empresas de Taib também fornecem cimento e cabos para as usinas hidrelétricas e constroem campos de reassentamento. Comunidades indígenas e organizações ativistas ainda estão resistindo a essas expansões destrutivas.

Veja mais, em inglês, aqui: http://www.huffingtonpost.com/peter-bosshard/greed-and-resistance-in-s_b_6350036.html