Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Guatemala: ação de moradores contra as barragens que privam as comunidades de água

Pea_GuatemalaComunidades das bacias média e inferior do rio Madre Vieja, no Pacífico da Guatemala, estão sendo privadas de água por causa de barragens construídas por empresas envolvidas no cultivo de dendê e cana-de-açúcar. Moradores e comunidades organizadas – algumas delas pertencentes à Rede Internacional pelo Mangue – têm denunciado repetidamente que essas empresas estão usando, desviando e retendo água para suas grandes plantações. “Querem nos tirar das nossas comunidades para continuar expandindo a praga do cana-de-açúcar e do dendê, querem secar o mangue para justificar o avanço da monocultura sobre esse importante ecossistema”, dizem. Considerando a falta de resposta das autoridades e das empresas, e diante do desespero com a possibilidade de ficar sem água, em abril, as comunidades decidiram agir diretamente: com picaretas e pás, abriram quatro represas para liberar a passagem de água. Membros das várias comunidades monitoraram o lento deslocamento do rio que, depois de três meses, recuperou seu curso natural. Quando ele chegou ao mar, eles celebraram.

Ver nota (em espanhol) em:
http://cpr-urbana.blogspot.com/2015/04/denuncian-que-monocultivos-privan.html