Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais

Noruega: eliminemos as plantações de eucalipto!

O Comitê Norueguês de Solidariedade à América Latina, que promove debates sobre os princípios éticos por trás dos investimentos noruegueses, convidou, junto com uma rede de organizações norueguesas, pessoas de Guatemala, Honduras, Brasil e os lapões suecos a apresentar suas histórias, pesquisas e reflexões a um tribunal popular, em março de 2017. Um dos casos apresentados no tribunal foi a situação do extremo sul da Bahia, no Brasil, onde operam três das maiores produtoras de celulose do mundo (Suzano, Veracel e Fibria). O Fundo Nacional do Petróleo da Noruega investe mais de 3,5 bilhões de coroas norueguesas nessas empresas de plantação de eucalipto, apesar dos impactos bem documentados das monoculturas sobre florestas, biodiversidade, nascentes, e da destruição de territórios e meios de subsistência locais.

O tribunal popular participa de uma campanha para exigir que o Fundo do Petróleo da Noruega retire esses investimentos e, mais importante ainda, implemente um controle estrito e transparente dos investimentos feitos pelo país (em inglês, espanhol e português): http://www.latin-amerikagruppene.no/portugues/. O relatório do tribunal será publicado em português em breve, e um vídeo da campanha poderá ser visto aqui (com legendas em inglês e espanhol): https://www.youtube.com/watch?v=QuUksdFDmHU